PRIMEIRA FARMÁCIA DE OURO BRANCO

 

O casal João Antunes e Elvira Araújo com seus filhos Eunices e Oscar.

Para atender a demanda dos moradores do povoado de Ouro Branco por remédios para curar as mais diversas doenças, instalou-se na segunda década do século passado a farmácia do português João Antunes, mais conhecido como João Português, casado com Elvira Araújo, filha de Manoel Clementino da Silva (Nené Pitada) e Maria Amélia da Silva. Abaixo, assentamento de batizado de Oscar, filho de João Antunes e Elvira Araújo na capela de Ouro Branco:

“Oscar, filho legitimo de João Antunes Sobrinho e Elvira Araujo Antunes nasceu e dezesete de Fevereiro de mil nove centos e vinte e foi por mim baptizado na Capella de Ouro Branco aos dezoito de Março do dito anno foram padrinhos: José Barboza Teixeira e Marianna Engracia de Santaanna. De que mandei fazer este assento que assigno.

                                                                                                                 O Vigr°. Manoel Galvão”

A farmácia de João Antunes funcionou no local onde era a garagem de Antonio Ferreira, na Rua de Baixo, Já as farmácias de Zé Pereira e João Vilar somente funcionaram na década de 1940.

FONTE: LIVRO ” OURO BRANCO: DE 1722 A 1954″.

CASOS SUSPEITOS DE FEBRE AMARELA EM MG SOBEM PARA 152

O número de casos suspeitos de febre amarela em Minas Gerais subiu para 152, com 47 mortes informadas. Dos registros realizados até o momento, 37 casos são considerados prováveis – os pacientes apresentaram sintomas da doença e um exame laboratorial positivo para o vírus. Dos óbitos informados, 22 têm como causa provável a infecção pela febre amarela.

Por causa do surto, o governo de Minas declarou emergência em 152 cidades. Os casos suspeitos da doença, no entanto, ocorrem em um grupo menor de cidades. Até agora, 26 trazem registros de pacientes com infecção ou casos de mortes que podem estar relacionadas à febre amarela. Em 16 cidades foi identificada morte de macacos, provavelmente provocadas também pela doença

O retorno da doença

Os primeiros sinais de que a febre amarela estava novamente ultrapassando a região amazônica começaram em 2014. Nesse período, de acordo com o Ministério da Saúde, o país passou a ter uma “reemergência” da doença. Entre 2015 e 2016, foram confirmados 15 casos, com 10 mortes nos Estados de Goiás, Pará, Mato Grosso do Sul, Tocantins, Pará e São Paulo.

O vírus de febre amarela nunca deixou de circular no Brasil na forma silvestre. A cada ciclo de aproximadamente sete anos, no entanto, há um aumento de casos em áreas que ultrapassam a região da Amazônia. O fenômeno está associado a mudanças na população suscetível. A última onda de casos em humanos ocorreu em 2009, quando a doença atingiu o Rio Grande do Sul.

Características da febre amarela

A transmissão da doença ocorre pela picada de mosquitos portadores do vírus de febre amarela: Haemagogus, em regiões de campo e floresta, e o Aedes aegypti, na forma urbana da doença. Os principais sintomas da infecção são calafrios, dor de cabeça, dores nas costas e no corpo, náuseas, vômitos, fadiga e fraqueza.

Para maior parte dos pacientes, os sintomas vão perdendo a intensidade a partir do 3º ou 4º dia da infecção. Em 10% dos casos, no entanto, a doença entra em sua fase considerada tóxica e causa hemorragias, insuficiência hepática e insuficiência renal. Um dos sintomas mais visíveis dessa etapa é a coloração amarelada da pele e do branco dos olhos. Também é comum pacientes apresentarem vômito com sangue, um sintoma da hemorragia. Cerca de 50% dos pacientes que desenvolvem a forma grave da doença morrem num período entre 10 e 14 dias.

Como não há um tratamento específico para febre amarela, a medida mais eficaz é a vacinação, para evitar a contaminação da doença. A imunização é oferecida na rede pública de saúde e pode ser procurada a qualquer momento do ano.

FONTE:VEJA.COM

COMEÇANDO O DIA 17/2017

Estamos na 3ª semana do ano de 2017, no calendário gregoriano, hoje é o 17º dia do ano. O sol nasceu no horizonte neste momento, às 05:23 da manhã. Nos últimos trinta anos, choveu em Ouro Branco 20 vezes no dia de hoje, sendo que a maior precipitação registrada foi uma chuva de 30 mm em 2004. Em 1994 foi o dia de hoje mais frio que já tivemos (com 21 °C), e em 2003 foi o dia de hoje mais quente (com 36 °C). No dia de hoje, há dois anos, era executado, apesar da comoção popular, o brasileiro acusado de tráfico de drogas, na Indonésia. Pelos calendários hagiológico e Romano, o santo do dia de hoje é o abade Santo Antão.