DOUTORA FÁTIMA E DOUTOR ARAÚJO TEM DIPLOMAS DE CANDIDATURA CASSADOS

A Juíza Eleitoral Janaina Lobo da Silva Maia julgou procedente a ação de investigação eleitoral, e que pediu a cassação do diploma de candidatura da prefeita reeleita em Ouro Branco, Maria de Fátima Araújo da Silva, e o seu vice-prefeito Francisco Lucena de Araújo Filho. Ambos são acusados de praticarem abuso de poder econômico no pleito eleitoral de 2016 no Município de Ouro Branco. A juíza ainda aplicou a prefeita Fátima a sanção de inelegibilidade para as eleições pelo prazo de 8 (oito) anos.
Um fato que chama a atenção da decisão da juíza é quando ela diz que, tendo em vista o resultado do pleito majoritário, quando os investigados obtiveram 2.312 votos, logrando êxito com 62,57% dos votos válidos, pela COLIGAÇÃO COM A FORÇA DO POVO (PT/PSB/PDT/PMDB/PPS/PP/PTN/SD/RP), fica prejudicada referida eleição, devendo ser realizado novo pleito municipal em Ouro Branco, para o preenchimento dos cargos de prefeito e vice-prefeito, nos termos do art. 224 do Código Eleitoral.
Entenda a denúncia
Sustentou a parte autora (Coligação Filhos da Terra), na inicial, que o pleito eleitoral de 2016 na cidade de Ouro Branco encontra-se viciado, uma vez que a investigada Maria de Fátima Araújo da Silva cometeu abuso de poder político, abuso de poder econômico e abuso de publicidade institucional, bem como realizou captação ilícita de sufrágio e contratações indevidas de servidores, além de outras condutas vedadas pela legislação eleitoral.
Narrou a investigante que a investigada Maria de Fátima Araújo da Silva teria se utilizado indevidamente de propaganda institucional nos veículos e prédios públicos da Prefeitura de Ouro Branco, bem como de publicidade realizada no sítio do Município e em programa transmitido pela Rádio Cabugi do Seridó, para fins de promoção pessoal.
Aduziu, ainda, a existência de abuso de poder político por parte da investigada, consistente na distribuição, há vários anos, de peixes à população de Ouro Branco durante o período da Semana Santa, assim como no fornecimento de próteses dentárias, sem que tais programas constassem nos planos plurianuais de 2014 a 2017 ou fossem autorizados por lei.
Ressaltou que, desde o início de seu mandato eletivo, a investigada Maria de Fátima Araújo da Silva tem realizado, reiteradamente, contratações irregulares de servidores, além de ter terceirizado indevidamente serviços de mão de obra, o que configura abuso de poder político.
 Fonte: Marcos Dantas

SEGUNDO INFORMAÇÕES EXTRAOFICIAIS, A PREFEITA DE OURO BRANCO PERDEU OS SEUS DIREITOS POLÍTICOS POR 08 ANOS

Chegou uma informação a redação do Quipauá, que a prefeita Fátima Silva perdeu os seus direitos políticos por 08 anos. Estamos pesquisando no site do TRE para informarmos melhor os nossos leitores. Uma nova eleição deverá ocorrer no prazo de 40 dias. Conversando com o vice Dr. Araújo, ele falou que a prefeita telefonou para ele e disse que ia recorrer da decisão.

COMEÇANDO O DIA 38/2017

Estamos na 6ª semana do ano de 2017, no calendário gregoriano, hoje é o 38º dia do ano. O sol nasceu no horizonte neste momento, às 05:30 da manhã. Nos últimos trinta anos, choveu em Ouro Branco 14 vezes no dia de hoje, sendo que a maior precipitação registrada foi uma chuva de 29 mm em 2010. Em 1987 foi o dia de hoje mais frio que já tivemos (com 21 °C), e em 1998 foi o dia de hoje mais quente (com 36 °C). Hoje é comemorado o dia do gráfico, o artista que imprime livros. Pelos calendários hagiológico e Romano, o santo do dia de hoje é o padroeiro da família, São Ricardo.