COMEÇANDO O DIA 80/2017

Estamos na 12ª semana do ano de 2017, no calendário gregoriano, hoje é o 80º dia do ano. O sol nasceu no horizonte neste momento, às 05:31 da manhã. Nos últimos trinta anos, choveu em Ouro Branco 25 vezes no dia de hoje, sendo que a maior precipitação registrada foi uma chuva de 46 mm em 1995. Em 1996 foi o dia de hoje mais frio que já tivemos (com 21 °C), e em 2007 foi o dia de hoje mais quente (com 34 °C). Hoje é comemorado o Dia Internacional da Floresta, cuja nossa representante principal é a amazônica. No dia de hoje, em 2006, foi criada a antiga e ainda vigente rede social Twitter, que viria a ser lançada em junho do mesmo ano, pelo que mencionamos o da Prefeitura de Ouro Branco. Pelo calendário Romano, o santo do dia de hoje é o eremita suíço, São Nicolau de Flue.

HÁ CINCO ANOS SAIA DO AR O PRIMEIRO BLOGUE APÓCRIFO DE OURO BRANCO

Quiauá lembra que no dia de hoje, há 5 anos, estava saindo do ar um blogue alimentado por anônimos de nome “Gogó Rasgado”. O blogue se propunha a dizer o que se ouvia e se dizia na cidade, que não fosse dito nos outros blogues e o resultado foi uma iniciativa popular apócrifa que se tornou um marco da resistência à falta de transparência da administração pública municipal. O blogue parecia mais ser a versão digital das antigas cartas de ameaça que muitos ourobranquenses receberam durante os anos de acirramento poçítico em Ouro Branco.

De jeito ou doutro, todo mundo acabou lendo algum dos dizeres de Gogó Rasgado, que apresentava textos bem escritos, coesos e usando de um criativo jogo de palavras nas matérias, que tratavam sobretudo de críticas ao sistema político, a ponto de ser retirado do ar por decisão judicial em março de 2012. A retirada do ar foi discutida até em sessão da Câmara de Vereadores do dia 21 de março de 2012.

O processo do Gogó Rasgado ficou conhecido no Seridó, mas suas características intrínsecas foram pouco difundidas. O endereço do blogue foi instituído num servidor estrangeiro, o que isenta relativamente a Google, hospedeira, de prestar algumas informações à Justiça brasileira. O blogue era apócrifo, como bem disseram os advogados à época, e mantido e alimentado por anônimos. Então anonimamente todo mundo contribuía, sem pretensões e sem medos. Por si só essa ideia era ao mesmo tempo forte e inovadora demais para qualquer grupo de interesses pessoais conseguir combater. Como de suspeitas, muitas das informações publicadas no blogue parecia virem de funcionários insatisfeitos de dentro da prefeitura, o que causava frio na espinha de autoridades municipais. Era o Gogó Rasgado uma versão manairama e imbatível da Wikileaks, inclusive pelas inúmeras denúncias populares que trouxe à tona. Seus autores pensaram em todos os detalhes do blogue e os comentários eram convertidos em postagens que ganharam o destaque popular. Por fim, foi tirado do ar por força judicial, cujo processo rolou até 2014, sem que se descobrissem os autores ou que alguém fosse realmente condenado. Até o momento ninguém provou se o que era dito no blogue Gogó Rasgado era mentira ou se lá só se dizia a verdade.

COMEÇANDO O DIA 79/2017

Estamos na 12ª semana do ano de 2017, no calendário gregoriano, hoje é o 79º dia do ano. O sol nasceu no horizonte neste momento, às 05:31 da manhã. Nos últimos trinta anos, choveu em Ouro Branco 24 vezes no dia de hoje, sendo que a maior precipitação registrada foi uma chuva de 22 mm em 2001. Em 1987 foi o dia de hoje mais frio que já tivemos (com 20 °C), e em 1998 foi o dia de hoje mais quente (com 37 °C). Hoje é comemorado o Dia Internacional da Felicidade, para que as pessoas percebam a importância de ser feliz e conviver em paz. É também comemorado o dia da Agricultura, de parabéns estão todas as pessoas envolvidas na lida e cultivo de plantas, pelas quais se obtém alimentos, fibras, energia, matéria prima para roupas e medicamentos. Informalmente também é considerado o dia do blogueiro. Pelo calendário Romano, o santo do dia de hoje é o santo do perdão e da reconciliação, Santo Ambrósio de Sena.

COMEÇANDO O DIA 74/2017

Estamos na 11ª semana do ano de 2017, no calendário gregoriano, hoje é o 74º dia do ano. O sol nasceu no horizonte neste momento, às 05:32 da manhã. Nos últimos trinta anos, choveu em Ouro Branco 23 vezes no dia de hoje, sendo que a maior precipitação registrada foi uma chuva de 25 mm em 2008. Em 1988 foi o dia de hoje mais frio que já tivemos (com 20 °C), e em 1998 foi o dia de hoje mais quente (com 36 °C). Hoje é comemorado no Brasil o dia da Escola. Também é o dia mundial do consumidor, pessoa que adquire produto ou serviço para consumo. No dia de hoje, há 32 anos, se encerrava o regime da ditadura militar no Brasil, instaurado em 1 de abril de 1964. Pelo calendário Romano, o santo do dia de hoje é o padre redentorista austríaco, São Clemente Maria Hofbauer.

PRESÍDIO PODE SER CONSTRUÍDO EM OURO BRANCO A QUALQUER MOMENTO

Tem causado fervoroso debate de populares a notícia de construção de presídio em Santana do Seridó, a 30 km de Ouro Branco. Neste contexto, Quipauá faz uma análise da possibilidade de impedir a instalação de presídios em Ouro Branco, concluindo que nada pode ser feito. Acompanhe!

Não há estudos que associem aumento de criminalidade à instalação de presídios, mas é certo que a população fica, no mínimo, assustada pela presença de apenados na vizinhança. Por isso a instalação de presídios em cidades tem mais serventia quando se integra ao princípio sensato de que a responsabilidade pelos presos é de quem os produz, inclusive para que haja cooperação comunitária e se facilite a recuperação e reintegração dos apenados, ficando perto das famílias, parentes e amigos. Neste sentido, Natal produz mais de 80% dos detentos do Estado, então é por lá que deveriam ficar 8 em cada 10 presídios.

Para evitar presídios em Ouro Branco, o sagaz vereador Genildo Medeiros, apresentou projeto apreciado pela Câmara de Vereadores e sancionado em junho de 2016 como Lei Municipal nº 874, que proíbe a construção de presídios, cadeias públicas ou similares no município. A lei desautoriza o executivo a colaborar com a instalação de unidades prisionais, embora não tenha o poder de impedir.

Acontece que, através de “mero” decreto, o governador do Estado pode mandar construir presídio em Ouro Branco, se o quiser. E o ato só pode ser impugnado na justiça via mandado de segurança pelo Poder Executivo, com muita dificuldade.

É o caso de desapropriação de terra para construção de presídio. Trata-se de agressiva forma de intervenção do Estado na cidade. O município já emitiu decretos de desapropriação em 2014 e em 2017, com os mesmos fundamentos. No caso de Ouro Branco, o pagamento da desapropriação foi feita por acordo entre a prefeitura e os particulares. Do mesmo modo, por decreto, o governador transforma compulsoriamente terreno no município em terreno estadual, com fundamento na necessidade pública, pagando indenização prévia, que deve girar em torno de um milhão de reais, se for terreno particular, se for terreno da prefeitura, fica em bem menos da metade desse valor.

Inclusive, depois de desapropriado o terreno para construção, o Estado pode demolir os prédios que existam no espaço e até recorrer, em caso de oposição, ao auxílio de força policial. Depois de decretado o espaço para construção de presídio no município, o Estado tem cinco anos para fazer o que quiser no terreno, no tocante à construção. Embora a lei municipal proíba a concessão de alvará e a celebração de convênios pela prefeitura referentes à instalação de presídios, o Governo Estadual não necessita da aquiescência do município para operar com presídios.

E neste quesito, o município nada poderia interferir. É que a competência para criar leis sobre desapropriação é da União, que fez através da considerada lei geral de desapropriações, contendo as normas mais importantes sobre o procedimento expropriatório em nosso país, uma “lei” da Década de 40. E na ação de desapropriação, nem mesmo a justiça interfere sobre o decreto expropriatório. Assim, só restaria ao município discutir o valor pago pelo Estado referente ao terreno, que é calculado sobre o valor venal, já fixado, de modo que a discussão se torna inútil e, conclui-se, por tudo, que se é para o Governo do Estado construir presídio em algum lugar do Seridó, que fique por Santana mesmo, livrando nossa pacata Ouro Branco.

COMEÇANDO O DIA 72/2017

Estamos na 11ª semana do ano de 2017, no calendário gregoriano, hoje é o 72º dia do ano. O sol nasceu no horizonte neste momento, às 05:32 da manhã. Nos últimos trinta anos, choveu em Ouro Branco 26 vezes no dia de hoje, sendo que a maior precipitação registrada foi uma chuva de 34 mm em 2009. Em 1989 foi o dia de hoje mais frio que já tivemos (com 23 °C), e em 1989 foi o dia de hoje mais quente (com 38 °C). Hoje é comemorado o quarto ano de pontificado do Papa Francisco. No dia de hoje, há cinco anos, estava sendo prorrogado o Concurso Público realizado em 2010, através de decreto municipal, datado de 12, mas assinado em 13 de março. Pelo calendário Romano, os santos do dia de hoje são os santos mártires, Santos Rodrigo e Salomão.

PREFEITURA REALIZA LICITAÇÃO HOJE PARA CONCESSÃO DE USO DE PONTOS COMERCIAIS


A Prefeitura de Ouro Branco estará realizando hoje a concorrência pública para concessão onerosa de uso de espaços públicos para Box do Mercado Público Municipal, quiosques da Praça Governador Aluizio Alves e Hotel Manairama. A concorrência, que é uma forma de licitação com propósito de ampliar a competição, prevista na Lei Orgânica para esse tipo de serviço, acontecerá às duas da tarde na sede da Prefeitura Municipal.

Para participar, não há necessidade de cadastro prévio dos concorrentes, e os interessados só precisam baixar o Edital, disponível no portal da prefeitura, que diz as regras e documentos necessários para a elaboração das “propostas” e demais exigências, e estar presente na prefeitura no horário estabelecido.

Em disputa, estão disponíveis os quiosques 02 e 05 da Praça Governador Aluizio Alves, os Box 03 e 07 do Mercado Público Prefeito Luiz Paulino e o Hotel Manairama. Os valores a serem disputados estão na casa de cinquenta reais para os pontos, e cem reais, para o hotel. O contrato de uso do bem será de dois anos, prorrogável por igual período.

Atualmente, 87% dos pontos do Mercado Público, da Praça Arlinda Medeiros e da Praça Governador Aluizio Alves estão sob ocupação contratual e essa licitação tem propósito de ocupar 100% dos espaços públicos através de concessão de uso precedido de licitação, como prevê a Lei Orgânica de Ouro Branco.

COMEÇANDO O DIA 67/2017

Estamos na 10ª semana do ano de 2017, no calendário gregoriano, hoje é o 67º dia do ano. O sol nasceu no horizonte neste momento, às 05:32 da manhã. Nos últimos trinta anos, choveu em Ouro Branco 20 vezes no dia de hoje, sendo que a maior precipitação registrada foi uma chuva de 32 mm em 1995. Em 2001 foi o dia de hoje mais frio que já tivemos (com 22 °C), e em 1998 foi o dia de hoje mais quente (com 37 °C). Hoje é comemorado, desde 1977, o Dia Internacional da Mulher, na data adotada pelas Nações Unidas, representando conquistas sociais políticas e econômicas das mulheres em todo o mundo. Curiosamente a comemoração de hoje foi esquecida por muito tempo, até ser revigorada por movimentos feministas em 1960, que perdeu um bocado do sentido original em que foi idealizado. De fato, tem agora um costume comercial, em que os patrões distribuem mimos entre as empregadas, certamente ignorando o espírito de operárias grevistas de como era originalmente em 1917, ou mesmo o caráter partidarista amplamente celebrado em países socialistas na Europa. Com essa reflexão, Quipauá congratula a todas as mulheres de Ouro Branco. Pelo calendário Romano, o santo do dia de hoje é o patrono dos hospitais, São João de Deus.

COMEÇANDO O DIA 65/2017

Estamos na 10ª semana do ano de 2017, no calendário gregoriano, hoje é o 65º dia do ano. O sol nasceu no horizonte neste momento, às 05:32 da manhã. Nos últimos trinta anos, choveu em Ouro Branco 22 vezes no dia de hoje, sendo que a maior precipitação registrada foi uma chuva de 34 mm em 2002. Em 2002 foi o dia de hoje mais frio que já tivemos (com 21 °C), e em 2013 foi o dia de hoje mais quente (com 36 °C). Hoje é o dia dos fuzileiros navais, militares altamente treinados da infantaria da Marinha do Brasil. Pelo calendário Romano, a santa do dia de hoje é a jovem profeta, Santa Rosa de Viterbo.

10 DICAS PARA MELHORAR O JEITO QUE VOCÊ FAZ CONTAS DE CABEÇA

Calculadoras são ótimas, mas elas nem sempre estão na mão. Indo mais direto ao ponto, ninguém quer ser pego usando a calculadora do seu telefone quando quer saber quanto de desconto aqueles 15% representam. Aqui vão dez dicas para ajudar você a calcular contas matemáticas de cabeça.

Matemática mental não é tão difícil quanto pode soar, e você pode se impressionar com o quão fácil é fazer cálculos aparentemente impossíveis usando nada mais que o seu lindo cérebro. Você só precisa se lembrar de algumas regras simples.

Some e subtraia da esquerda pra direita

Lembra como nos ensinaram na escola a somar e subtrair números da direita pra esquerda? Tudo bem quando você estiver fazendo contas com lápis e papel, mas ao fazer conta de cabeça é melhor fazer da esquerda pra direita. Mudar a ordem para que você comece com os valores maiores é um pouco mais intuitivo e fácil de entender. Então quando você somar 58 e 26, comece com a primeira coluna e calcule 50+20=70, então 8+6=14, que somados dão 84. Facinho, facinho.

Faça sua vida mais fácil

Quando confrontado com um cálculo difícil, tente achar um jeito de simplificar o problema ao temporariamente mudar os valores de lugar. Quando calculando 593+680, por exemplo, some 7 a 593 para conseguir 600 (mais fácil de lidar). Calcule 600+680, que dá 1280, então tire o 7 adicional para conseguir a resposta correta, 1273.

Você pode fazer coisas parecidas com multiplicação. Para 89×6, calcule 90×6, então subtraia o 6 adicional. então 540-6=534.

Memorize blocos de construção

Memorizar tabelas de multiplicação é um aspecto importante da matemática mental, e não deve ser descartado.

Spencer Greenberg, matemático e fundador do ClearerThinking.org, diz que, ao memorizar esses “blocos de construção” básicos da matemática, nós conseguimos respostas instantâneas para problemas simples que estão embutidos em problemas maiores. Então se você esqueceu dessas tabelas, é melhor você dar uma revisada. E, quando fizer isso, é bom memorizar as tabelas 1/n também, para que você possa se lembrar rapidamente que 1/6 é 0,166, 1/3 é 0,333, e 3/4 é 0,75.

Lembre-se de alguns truques maneiros de multiplicação

Para ajudá-lo a fazer multiplicações simples, é importante que você lembre de alguns truques. Uma das regras mais óbvias é que qualquer número multiplicado por 10 só precisa de um zero no final. Quando multiplicado por 5, a sua resposta será sempre um 0 ou um 5.

Também, quando multiplicando um número por 12, é sempre 10 vezes mais duas vezes aquele número. Por exemplo, quando calculando 12×4, faça 4×10=40, então 4×2=8, então 40+8=48. Um dos meus preferidos é multiplicar por 15: apenas multiplique seu número por 10, então acrescente metade dessa resposta (por exemplo, 4×15 = 4×10=40, mais metade dessa resposta, 20, chegando em 60).

Também tem um bom truque para multiplicar por 16. Primeiro, multiplique o número por 10, depois multiplique a metade do número por 10. Então adicione esses resultados com o número em si para chegar à resposta final. Então, para calcular 16 x 24, primeiro calcule 10 x 24 =240, então descubra a metade de 24, que é 12, e multiplique por 10, o dando 120. Matemática simples resolve o resto: 240+120+24=384.

Os quadrados são seus amigos

Esses truques simples são ótimos, mas números maiores apresentam um desafio diferente. Para isso, um físico do askamathematician.com diz que é uma boa ideia usar a diferença dos quadrados (um quadrado sendo um número multiplicado por ele mesmo).

“Pegue dois números que você está multiplicando e pense neles como sua média, x, mais e menos a diferença entre cada e sua média, ±y,” conta. “Esses dois números são quadrados, então ao invés de memorizar imensas tabelas de multiplicação você precisa só memorizar quadrados.”

Pode parecer uma tarefa árdua, mas memorizar todos os quadrados de 1 a 20 não é tão difícil quanto parece. São só 20 números, afinal de contas. Armado com esse conhecimento anterior, você pode fazer alguns cálculos bem incríveis.

É assim que funciona, começando com um exemplo simples. Vamos assumir por um momento que não sabemos a resposta de 10×4. O primeiro passo é descobrir o número médio entre esses dois números, que é 7 (10-3=7, e 4+3=7). Em seguida, determine a raíz de 7, que é 49. Agora temos um número próximo, mas não próximo o bastante. Para conseguir a resposta correta nós precisamos do quadrado da diferença entre a média (que nesse caso é 3) nos dando 9. O último passo é uma simples subtração, 49-9=40, e quem diria, é a resposta correta.

Isso pode parecer um exagero para descobrir quanto é 10×4 (e é), mas essa mesma técnica funciona para números maiores. Pegue 15×11 por exemplo. Mais uma vez, precisamos encontrar a média entre eles dois, que é 13. O quadrado de 13 é 169. O quadrado da diferença da média (2) é 4. Por fim, 169-4=165, a resposta correta.

Tudo bem aproximar

Ao fazer contas de cabeça, especialmente com grandes números, geralmente é uma boa ideia fazer uma estimativa informada, e não se preocupar em ter uma resposta perfeita. Durante o Projeto Manhattan, por exemplo, o físico Enrico Fermi queria uma estimativa aproximada do poder de uma explosão atômica antes dos dados diagnósticos chegarem. Para isso, ele derrubou pedaços de papel quando a onda de impacto os atingiu (de uma distância segura, claro). Ao medir a distância que o papel viajou, ele estimou que o poder da explosão seria de 10 quilotoneladas de TNT. Essa estimativa foi bem próxima, já que a resposta certa era 20 quilotoneladas de TNT.

Essa técnica, agora conhecida como “Estimativa Fermi”, funciona ao estimar números em potências de dez (veja o vídeo do TER-Ed acima para mais). Então, ao tentar surgir com uma solução aparentemente impossível, ajuda se você resumir as coisas dessa forma. Por exemplo, ao tentar estimar o número de afinadores de piano na sua cidade, primeiro estime o número de habitantes na sua cidade (por exemplo, 1.000.000 habitantes), então estime o número de pianos (10.000), e só então o número de afinadores de piano (por exemplo, 100). Você não vai conseguir a resposta de fato, mas vai conseguir uma resposta rápida, que costuma estar aproximada.

Quando em dúvida, rearranje

É uma boa ideia usar as regras da matemática para rearranjar problemas complexos de forma mais simples. Por exemplo, fazer o problema 5x(14+43) é um pouco difícil de uma vez, mas pode ser transformado em três cálculos bem simples. Lembrando da ordem de operações, esse problema pode ser reescrito como (5×14) + (5×40) + (5×3) = 285.

Transforme um problema grande em um monte de pequenos

Quando na dúvida, decomponha. “Para muitos problemas, o jeito de resolver é quebrar eles em subproblemas e resolver eles”, diz Greenberg. “Quando você tem um problema que soa difícil, geralmente é frutífero procurar formas que ele possa ser quebrado em problemas mais fáceis que você já sabe como resolver.”

Por exemplo, você pode multiplicar por 8 dobrando três vezes. Então, ao invés de tentar descobrir quanto é 12×8, apenas duplique 12 três vezes: 24, 48, 96. Ou até mesmo multiplicando por 5, eu começo multiplicando por 10, que é mais fácil, então divido por dois, que também é bem fácil. Por exemplo, 5×18, calcule 10×18 antes, e divida por dois, onde 180/2=90.

Use notação científica para números imensamente grandes

Ao calcular números grandes na sua cabeça, lembre-se que você pode convertê-los em notação científica antes. Quanto é 44 bilhões divididos por 400.000? Um jeito simples de lidar com isso é converter 4 bilhões em 109, e 400.000 em 105. Agora podemos expressar isso como 44 / 4 e 109/105. Como Greenberg apontou, a regra para dividir exponentes requer que seja feita uma subtração (fácil!), então conseguimos 11 x 10(9-5)= 11 x 104 = 110,000.

O jeito simples de calcular uma gorjeta

Finalmente, algum conselho sobre como calcular uma gorjeta de cabeça. Se você consegue calcular uma gorjeta de 10% (fácil), então você consegue calcular uma de 20% e uma de 15%.

Ao calcular uma gorjeta de 10% de uma refeição que custou US$112,23 apenas mova uma casa decimal para a esquerda, chegando no resultado de $11,22. Quando calculando uma gorjeta de 20%, faça a mesma coisa, mas dobre o resultado, (uma gorjeta de 20 por cento é o dobro de uma de 10 por cento), que nesse caso seria $22,44.

Para uma gorjeta de 15 por cento, de novo calcule a gorjeta de 10 por cento, então acrescente metade (o 5% adicional é apenas metade da quantia de 10%. Então $11,22+(11,22/2). Não se preocupe se você não conseguir a resposta exata. Se não nos preocuparmos demais com os decimais podemos calcular uma gorjeta de 15% de $112,23 é $11 + 5,50, que é $16,50. Perto o bastante! Adicione 25 centavos se você está com medo de errar.

Imagem do topo: ilustração de Elena Scotti/Gizmodo; Shutterstock
Postagem originalmente publicada por George Dvorsky, em Gizmodo Brasil, em 5 de março de 2017 às 11:00. Todos os direitos reservados