web analytics

GUERRA NA SERRA DA RAJADA

 

Serra da Rajada, Carnaúba do Dantas – RN

No ano de 1687 houve uma insurreição generalizada por parte dos índios tarairiús, incomodados com o avanço da pecuária em suas áreas, principalmente, os do Seridó e do Açu. O que levou o Governador-Geral  a mandar ordens ao Governador de Pernambuco para que organizassem tropas e as enviassem para combater os tapuias (índios hostis), denominação dada aos tarairiús (Janduís, Canindés e Pegas) que viviam aqui no Seridó e no Vale do Açu.

No período entre 1687 e 1697 houve intensos combates entre tropas vindas de Pernambuco e os índios. Até o afamado bandeirante paulista Domingos Jorge Velho foi enviado com suas tropas para combater os tapuias. Este período de dez anos ficou conhecido como “Guerra dos Bárbaros”, período no qual boa parcela dos índios aqui do Seridó e do Açu foram mortos.

Num documento encontrado no cartório da cidade de Pombal- PB, datado de 1689, há registro de uma batalha nas cercanias da Serra da Rajada, em Carnaúba dos Dantas-RN, onde 1500 índios foram mortos e 300 capturados vivos pelas tropas de Domingos Jorge Velho. Já em outra batalha ocorrida em 1690, entre os atuais territórios de Acari- RN e Currais Novos- RN, 1000 índios foram capturados, fora os mortos em combate.

FONTE: LIVRO “OURO BRANCO:DE 1722 A 1954”.

Compartilhe nossas postagens por: