web analytics

POÇO DA RAPOSA

 

Poço da Raposa

O sítio arqueológico Pedra Lavrada, local de rara beleza, fica localizado no município de Ouro Branco -RN, nas proximidades da Serra da Raposa, divisa com São José do Sabugi -PB. O Poço da Raposa está localizado no sítio arqueológico Pedra Lavrada. É um lugar belíssimo, principalmente quando corre água no rio da Raposa formando um pequena cachoeira. O Poço da Raposa, também conhecido como Poço da Moça, já é citado no requerimento da Data do Cabaço em 1713. Estevão Ferreira de Melo fez o requerimento de três léguas de comprimento por uma de largura como consta abaixo:

“N° 111 em 22 de novembro de 1713

Estevão Ferreira de Melo morador nesta capitania, diz que estando a crear seos gados em terras alheias por não ter próprias e porque no pé da serra da Borborema para as partes das Piranhas, correndo do olho d´agua dos cabaços para o poço da Raposa tem descoberto um sitio capaz de crear seos gados , o qual sitio está devoluto e só elle o suplicante o povoou, e para conservação da dita povoação requeria três léguas de terras de comprimento, começando esta do dito olho d água dos cabaços correndo do sul para o norte, buscando o poço da Raposa com uma legoa de largo para cada banda. Foi feita a concessão no governo de João da Maia da Gama.”

A Data do Cabaço foi concedida em 22 de novembro de 1713 pelo Governador da Paraíba João da Maia da Gama. Compreendia parte dos atuais territórios de São José do Sabugi e Ouro Branco.

Conta à lenda, que no Poço da Raposa aparecia durante as noites de lua cheia, uma moça toda de branco, cabelos compridos e esta encantava os homens, principalmente os caçadores, que encantados pela moça, mergulhavam nas águas do poço e desapareciam. Por isso que o Poço da Raposa também é conhecido como Poço da Moça.

Fonte: Livro “Ouro Branco: De 1722 a 1954”

 

 

                                                                              José Fabrício de Lucena

 

 

 

 

Neto de Zé Boboca

 

 

                                                  Renato, Fabrício e João Marcos

 

Serra da Raposa

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Compartilhe nossas postagens por: