web analytics

EXÉRCITO FOI SONDADO PARA DECRETAR ESTADO DE DEFESA, DIZ GENERAL

  O comandante do Exército, general Eduardo Villas Bôas, revela em entrevista a VEJA que a instituição foi sondada e rechaçou a hipótese de apoiar a decretação de estado de defesa nos dias tensos que antecederam o impeachment de Dilma. Villas Bôas não diz quais foram os políticos que fizeram a consulta, mas reconhece que as Forças Armadas ficaram…

PAISAGENS SERIDOENSES

A Pedra do Avião fica localizado no sítio Maracujá, município de Caicó-RN. No local onde fica a Pedra do Avião existe também outras formações rochosas belíssimas, além do Poço dos Cavalos que fica próximo da Pedra do Avião. O Poço dos Cavalos é uma construção artificial em cima de um grande lajedo e que armazena…

PESQUISA DA UFRN COMPROVA INCIDÊNCIA DE CÂNCER PELA INGESTÃO DE ÁGUA EM MUNICÍPIO DO RN

O semiárido brasileiro abrange uma área de 974.752 km2 dos quais 86,5% ficam no Nordeste. Os rios, em sua maioria, são intermitentes. As chuvas, irregulares, concentram-se em poucos meses do ano, e a evapotranspiração – perda de água de uma comunidade ou ecossistema para a atmosfera – é elevada. Na região semiárida do nordeste brasileiro…

ATINGIDO EM CHEIO

  A definição antológica da relação da Odebrecht com o governo – qualquer governo – veio da boca de Emílio Odebrecht. Disse ele, referindo-se aos presidentes Lula, Hugo Chávez (Venezuela) e José Eduardo dos Santos (Angola): “Eu nunca tive com eles uma relação só de empresa. Sempre procurei ter com qualquer autoridade, principalmente nesse nível, uma preocupação…

DELAÇÃO DO FIM DO MUNDO

  O ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), determinou nesta terça-feira o fim do sigilo de todos os inquéritos abertos para apurar irregularidades contra políticos a partir de delações de executivos e ex-executivos da Odebrecht. No total, as investigações envolvem nove ministros do governo Michel Temer (PMDB), 28 senadores – incluindo o presidente…

CAMPANHAS DE 2010 E 2014 DE DILMA RECEBERAM 150 MILHÕES EM TROCA DE APROVAÇÃO DE MEDIDAS PROVISÓRIAS

  Seis delatores da Odebrecht, incluindo os proprietários Emílio e Marcelo, relataram o pagamento de propina a integrantes das cúpulas dos poderes Executivo e Legislativo em troca da edição e aprovação de medidas provisórias.  As MPs 470, de 2009, e 613, de 2013, renderam, segundo os delatores, o repasse de 50 milhões de reais e de…